Plantar no ferro frio

[Divisor]

Plantar no ferro frio do ônibus o ninho

Contemplado pela 20º Edição da Lei de Fomento ao Teatro para a cidade de São Paulo, com representação jurídica da Cooperativa Paulista de Teatro, o projeto Plantar no ferro frio do ônibus o ninho, alicerçado nas reflexões do educador Paulo Freire sobre utopia, leitura de mundo e práxis transformadora e na acepção de encontro da Filosofia do Diálogo de Martin Buber, teve como objetivos, durante 2012 e 2013:

  • a continuação da residência artística da Trupe Sinhá Zózima no Terminal Urbano Parque Dom Pedro II e Expresso Tiradentes;
  • a ampliação da pesquisa do ônibus como espaço de experimentação e intervenção no cotidiano da cidade de São Paulo;
  • a criação de um núcleo de investigação teatral com passageiros de ônibus, além da tecelagem de experimentos cênicos a partir de narrativas de vida de passageiros de ônibus e artistas pesquisadores, de rodas de cultura popular, dança e cantoria.

Este projeto foi uma pesquisa aprofundada da Trupe Sinhá Zózima que pesquisa o ônibus urbano como espaço cênico e busca descentralizar e democratizar o acesso de trabalhadores/passageiros de ônibus as artes cênicas, ao teatro. Com este projeto foram desenvolvidas as seguintes ações:

Inserir foto

  1. Carpintarias: oficinas coordenadas por artistas-pesquisadores da Trupe Sinhá Zózima com a participação de pesquisadores convidados

Inserir foto

  1. Conversações: espaços de conversa e debates, abertos ao público

Inserir foto

  1. Partilhas de vivência: conversas cênicas, práticas, em que os grupos e artistas convidados fazem uma intervenção, performance ou apresentação dentro do transporte público

Inserir foto

  1. Investigação cênica: proposição de pesquisa e criação de encenação a partir do estudo da História Oral

A partir das ações foram gerados:

Inserir foto

  1. Dentro é lugar longe (link para o espetáculo no processo artístico): espetáculo teatral

Inserir foto

  1. Plantar no ferro frio do ônibus o ninho: Criação de um Vídeo Documentário (link para o trailer. Não sei se tem. Não achei) sobre o processo artístico. Com direção de Luciana Ramin, mostra o processo de residência artística da Trupe Sinhá Zózima no Terminal Urbano Parque Dom Pedro II, centro antigo de São Paulo. O filme, com poucos recursos, busca ser fiel às escolhas poéticas dos artistas e às condições encontradas no local de trabalho.

Inserir foto

  1. Publicação impressa e virtual dos livros: Dentro é lugar longe, de Rudinei Borges (link para a publicação?!), Revista Fagulhas e Teatro no ônibus – Pesquisa Cênica da Trupe Sinhá Zózima. (link para a publicação?!)

Inserir régua do fomento